Presidente do Senado pede ‘defesa do Estado democrático de Direito’ e não vai à cerimônia com Bolsonaro


Rodrigo Pacheco publicou mensagem em suas redes sociais

Presidente do Senado pede 'defesa do Estado democrático de Direito' e não vai à cerimônia com Bolsonaro

Foto: Pedro França/Agência Senado

Por: Metro1

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Dem), recusou convite de Jair Bolsonaro (sem partido) para participar da cerimônia de hasteamento da bandeira durante o 7 de Setembro e defendeu em rede social a “a absoluta defesa do Estado Democrático de Direito”.

“Ao tempo em que se celebra o Dia da Independência, expressão forte da liberdade nacional, não deixemos de compreender a nossa mais evidente dependência de algo que deve unir o Brasil: a absoluta defesa do Estado Democrático de Direito”, escreveu.

Em meio à tensão entre Poderes, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e o presidente do STF, Luiz Fux, também não participaram da cerimônia de hasteamento da bandeira mais cedo, no Palácio da Alvorada.

Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *