Mais de 4 mil baianos tomaram vacinas interditadas pela Anvisa


Órgão de vigilância identificou irregularidades no envase dos imunizantes

Mais de 4 mil baianos tomaram vacinas interditadas pela Anvisa

Foto: Divulgação

Por: Metro1

Cerca de 4 mil baianos receberam doses de Coronavac provenientes de lotes interditados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O órgão de vigilância identificou irregularidades no envase dos imunizantes. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 4.161 pessoas receberam doses de lotes que estão proibidos de serem utilizados.

A pasta ainda não concluiu um levantamento de quantas e quais prefeituras imunizaram baianos com as doses e está oficiando os municípios que receberam os lotes interditados para fazerem a devolução.No total, a Bahia recebeu 575.980‬ doses da vacina interditada, sendo 571.280 em 1º de setembro e 4.700 em 27 de julho. Estão inclusos nas restrições lotes 202107101H, 202107102H e L202106038. É possível conferir no seu cartão de vacinação ou na plataforma do Conecte SUS quem recebeu imunizantes destes lotes.

Das vacinas recebidas na Bahia, 234.380‬ foram entregues a 294 municípios. Todos já foram comunicados para interromper a vacinação dos lotes específicos. Em todo Brasil, o Ministério da Saúde distribuiu 25 lotes de 42 que estão comprometidos. No total, são 12 milhões de doses que foram distribuídas no país e não puderam ser utilizadas.

O Instituto Butantan afirma que as doses irregulares têm segurança e qualidade.