Covid-19 deixa pelo menos 12 mil crianças brasileiras órfãs


Levantamento considera apenas crianças de até seis anos de idade

Covid-19 deixa pelo menos 12 mil crianças brasileiras órfãs

Foto: EBC

Por: Metro1

Um levantamento da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) mostrou que ao menos 12.211 crianças até os seis anos ficaram órfãs de pai ou mãe em decorrência da Covid-19. O período levado em conta é de 16 de março de 2020 a 24 de setembro deste ano.

Ainda de acordo com o levantamento, 223 pais morreram pelo novo coronavírus sem ao menos verem o filho nascer, enquanto 64 crianças perderam ambos os pais para a doença. Outro triste dado, os bebês com menos de um ano foram os mais afetados, representando mais de um quarto (25,6%) dos órfãos de um dos responsáveis.

Para amparar essas crianças, senadoras querem incluir pensão para órfãos da Covid em relatório da CPI. Há ainda o Projeto de Lei 2.180/2021 que aguarda votação no Senado e prevê a criação do Fundo de Amparo às Crianças Órfãs pela Covid-19 (Facovid).